O que fazer caso o(a) meu(minha) empregado(a) adoeça?

Se tiver subscrito um seguro contra perda de rendimentos por doença (PGM), deverá pagar-lhe o salário dos primeiros 30 dias de incapacidade, como se ele(a) tivesse ido trabalhar.

A partir do 31º dia de incapacidade, caberá à seguradora pagar ao(à) seu(sua) empregado(a) o correspondente subsídio diário até ao regresso ao trabalho, mas por um período máximo de 730 dias.

Se não tiver subscrito um seguro contra perda de rendimentos por doença (PGM), deverá pagar-lhe o salário por um período de:

  • 3 semanas durante o 1º ano de serviço
  • 1 mês durante o 2º ano de serviço
  • 2 meses do 3º ao 4º ano de serviço
  • 3 meses do 5º ao 9º ano de serviço
  • 4 meses do 10º ao 14º ano de serviço
  • etc. (Escala de Berna)

Posted in: Para a entidade patronal